No âmbito das celebrações do Dia de Portugal
Roberta Miranda em New Bedford

Roberta Miranda, uma das mais populares artistas brasileiras e com grande
sucesso em todo o mundo de expressão portuguesa, é a grande atracção das
celebrações do Dia de Portugal em New Bedford, no grande arraial à
portuguesa que tem por palco a Acushnet Avenue, no norte da cidade.
A notícia foi-nos confirmada por Pedro Chantre, um dos responsáveis pela
vinda da artista a esta área e que esteve na passada quinta-feira na
redacção do nosso jornal para falar sobre alguns dos projectos que tem em
manga a acontecer no decorrer das celebrações do Dia de Portugal, de Camões
e das Comunidades na cidade baleeira.
A actuação da intérprete de "Vá com Deus", terá lugar no último dia das
celebrações, no domingo, dia 13 de Junho.
Natural de João Pessoa, Pernambuco, onde nasceu a 28 de Setembro de 1956,
Roberta Miranda começou por cantar aos 16 anos de idade em bares. O grande
salto para o profissionalismo aconteceu em 1986, lançando o seu primeiro
disco intitulado "Roberta Miranda" e integrando os sucessos "Meu Dengo",
"Chuva de Amor" e "São tantas coisas". Vendeu mais de 800 mil cópias. No ano
seguinte foi o lançamento de um dos seus maiores sucessos de sempre: "Vá com
Deus", com mais de 1 milhão de cópias vendidas.
Em 1989, a popularidade rende-lhe o título de "Rainha da Canção Sertaneja".
Em 1990, lança o quarto disco da sua carreira, com destaque para as canções
"Marcas" e "Tudo em você me atrai". Em 1992, um novo sucesso: "Sol da minha
vida". Em 1994, sucesso absoluto com mais um disco e a canção "Vem P'ra
Mim". Em 1996, encontra-se com o forró tradicional e a primeira gravação que
faz de uma música de Roberto Carlos, "Eu te amo, te amo, te amo". Sucesso
com a balada romântica, "Um minuto a mais" e efectua shows em todo o Brasil,
Portugal e Estados Unidos. Segue-se em 1997 o álbum "Vida" e no ano seguinte
"Paixão". Em 2000 surge "Majestade O Sabiá", em 2001 "Histórias de Amor". Em
Novembro do mesmo ano lança "Tudo isto é fado", com clássicos como "Ai
Mouraria", "Nem ás paredes confesso" e "Só nós dois", uma homenagem à rainha
do fado Amália Rodrigues.
Em 2002 é lançado "Pele de Amor". Uma carreira plena de sucesso.
Quanto ao espectáculo de New Bedford, sabe-se que Roberta Miranda é
acompanhada da sua banda de cerca de 10 elementos.

Maria de Barros também vem
Maria de Barros, umdas mais talentosas cançonetistas cabo-verdianas da
diáspora, actualmente a residir na Califórnia, actua também no grande
arraial à portuguesa na Acushnet Avenue, integrado nas celebrações do Dia de
Portugal em New Bedford.

 


Voltar à primeira página desta secção

Voltar à primeira página desta edição

Copyright © 1997/2001 The Portuguese Times
Autorizada a reprodução de artigos publicados nesta página desde que mencionada a origem