Desporto

Afonso Costa



Naturais de Santo António no apoio à sua equipa

Um jantar de caldeirada de peixe e cabrito assado organizado sexta-feira à
noite no Portuguese Sports Club por José Medeiros, e um almoço de sardinha e
frango no churrasco organizado sábado à tarde na Académica de Fall River por
Afonso Costa rendeu 8.050.00 dólares para a equipa do Clube Desportivo de
Santo António Além Capelas que disputou a época agora finda o campeonato da
II Divisão B.
Estes convívios contaram com a presença de três dirigentes do clube
micaelense ­ João Maria Viveiros, Pedro Melo e Lourenço Viveiros.
A despromoção à III Divisão não afectou os responsáveis do clube que estão
agora com o mesmo entusiasmo a preparar a nova temporada.
Falando da descida, João Maria Viveiros, homem forte do futebol e grande
responsável pela extraordináia carreira de uma equipa até há seis anos
completamente desconhecida do grande público, disse que o tempo agora é de
reflexão e de unir esforços para mais um desafio.
"Descemos de divisão com a mesma dignidade com que subimos e esta nossa
aventura não deixou o clube na falência nem lhe roubou capacidade de
organização e de luta" ­ disse João Maria Viveiros, acrescentando que "o
nosso objectivo agora é voltarmos a ser campeões da Série Açores para um
regresso mais amadurecido à II Divisão e tenho quase a certeza de que isso
vai acontecer já na próxima temporada."
Para Afonso Costa esta equipa de Santo António é o orgulho da freguesia.
"No meu tempo de criança tinha que me deslocar às Capelas para ver o
Capelense ou aos Remédios da Bretanha para ver o Beira Alta. Agora temos a
nossa equipa que já conseguiu chegar mais longe do que qualquer outra de
freguesias açorianas e isso deixa-me extremamente orgulhoso e com margem
enorme de motivos picantes para 'chatear' os muitos amigos que fui
angariando nestes anos todos que tenho devotado ao futebol e que me diziam
que na minha terra a bola era quadrada".
Na Académica estiveram presentes três industriais de peso que contribuiram
de maneira decisiva para o engordar do bolo. João Moniz, proprietário da J.
Moniz Imports & Exports, Tóni Frias, conhecido industrial mariense e devoto
adepto do Benfica, e Carlos Andrade, um dos mais bem sucedidos industriais
dos Dunkin Donnuts. Das cerca de quatrocentos pessoas que passaram pela
Académica para o tradicional frango e sardinha preparado por Francisco Lopes
e Manuel Silva, destaque ainda para os muitos naturais da freguesia que
aplaudiram os dirigentes presentes.
Especialmente acarinhados foram Edmundo Paulino e José Medeiros. Paulino foi
o treinador responsável pela montagem de uma equipa que andava meio perdida
pelos últimos lugares do campeonato regional e em pouco tempo ascendia à
Série Açores, e Joe Medeiros que embora natural do Pilar da Bretanha tem
acompanhado com paixão esta caminhada da equipa de Santo António, tendo sido
ele o responsável pelo sucesso do jantar de sexta-feira no Port. Sports e
mostrando disponibilidade para acompanhar os três dirigentes na sua estadia
entre nós.