Rhode Island

AUGUSTO PESSOA (Correspondente)
Delegado em Rhode Island
Tel. (401) 728-4991

 

No Clube Juventude Lusitana
São Pedro foi a pedra mais importante no sucesso das festas de São João

Quando São Pedro fecha as torneiras do céu, São João dá pulos de contente,
pois que deste modo o carvão vai estalar na fogueira da alegria e a sardinha
assada vai voar para o prato do apreciador sem a qual a festa fica
incompleta.
Pois os santinhos de mãos dadas trouxeram a Cumberland aquela enchente
habitual que esgotou o recinto de festas para assistir ao desfile das
marchas de São João, dos ranchos folclóricos e para quem gosta de dar um
pézinho de dança sob os acordes musicais dos conjuntos.
São as maiores do género nos EUA e como tal ali atraem multidões nos três
dias festivos que se divertem a seu belo prazer.
As festas deste ano, além da prata da casa, ou sejam, o rancho Danças e
Cantares e a banda e as indiscutíveis Marchas de São João tiveram a fazer
parte do programa duas grandes atracções. Um pelotão do navio-escola Sagres
ancorada em Newport e o rancho folclórico da Casa do Minho de New Jersey.
No aspecto dos arraiais actuaram no sábado o conjunto Eratoxica e Bethanie,
em contínua subida de forma e a rotular aquela jovem de Warren como uma das
melhores intérpretes que temos actualmente nos meios lusos dos EUA.
O conjunto Centerfold com Luís Neves, e este já a fazer parte dos veteranos
destas andanças musicais, abrilhantou a noite de em que se regista a maior
aglomeração de foliões.
Maurício Morais e o conjunto Flash também já fazem parte do grupo dos
veteranos. Actuaram domingo após o desfile das marchas.
Isabel Reis, presidente do Clube Juventude Lusitana, a primeira senhora a
assumir aquelas funções e como tal a presidência do São João, mostrou que
afinal o intitulado sexo fraco é capaz de voos altos e arrojados.
Conseguiu organizar e levar a bom termo os festejos coroados do maior êxito.
Mas no meio de tudo isto é que fazia parte das marchas de São João com seu
marido Tó Reis, tal como tem sido uma das figuras principais nas peças
vindas à cena pelo grupo de Teatro Milénio.
Mas voltando às marchas, a iniciativa de Rui Henriques tem dado os seus
frutos anualmente e continua a ser uma das grandes atracções dos populares
festejos de São João.
E já agora com vossa autorização vou meter a colherada. Ultimamente têm
surgido mais agrupamentos idênticos. Para o ano com a devida antecedência
vamos de fazer convites e fazer desfilar pela Broad Street todas as marchas
desta área.
Mas e como o Santo António é primeiro acho ser oportuno ir de Cumberland
desfilar a Pawtucket.
Se amor com amor se paga, vamos a isto mostrando que somos muitos, fortes e
capaz de fazer coisas lindas.
A barriquinha do caldo verde encheu durante os três dias e veio justificar
que foi mais uma iniciativa de sucesso.



Voltar à primeira página desta secção

Voltar à primeira página desta edição

 Voltar à Primeira Página


Copyright © 1997/2001 Portuguese Times
Autorizada a reprodução de artigos publicados nesta página desde que mencionada a origem