Rhode Island

AUGUSTO PESSOA (Correspondente)
Delegado em Rhode Island
Tel. (401) 728-4991

 

Imagem do Clube Social Português denegrida com um incidente do qual é totalmente alheio
- Nos seus 87 anos de existência sublinhado por um digno historial com
visita do então presidente Bill Clinton, o Clube Social Português repudia o
tratamento de que foi alvo por parte dos jornais e TV americanas e exige a
publicação de um esclarecimento


"O lamentável incidente que ocorreu a 26 de Março de 2005, no Clube Social
Portiguês em Pawtucket é uma marca negra em um historial de 87 anos no seio
da industrial comunidade aqui radicada.
Desde a fundação que o Clube Social Português tem mantido as melhores
relações quer com os vizinhos, quer com as entidades municipais, estaduais e
federais.
A grande maioria dos seus membros têm contribuído para a vitalidade da
cidade de Pawtucket, vivendo, trabalhando, através de várias gerações.
Convém sublinhar que o grupo étnico português é o segundo mais numeroso numa
cidade em que as presenças lusas são uma mais valia ao progresso desta
cidade.
O Clube Social Português é um bastião da preservação da nossa cultura
mantendo uma escola reconhecida pelas autoridades oficiais portuguesas. Esta escola chegou a ter uma frequência de 200 alunos nos anos 80, mantendo
aquele estabelecimemto em funcionamento, agora ensinando português a uma
geração já nascida nos EUA. O clube tem um rancho folclórico que é um
autêntico embaixador da língua e cultura portuguesa nas suas actuações quer
pelo estado de RI quer por outros estados deste grande país.
O clube facilita ainda aulas para ensino de computadores, assim como aulas
de cidadania de forma a preparar novos votantes.
Não obstante o digno e honroso historial acima descrito, o Clube Social
Portugues sendo uma das organizações mais antigas ao nível estadual, nunca
recebeu a mínima atenção ou cobertura por parte da comunicação social
americana local e estadual, com excepção para o incidente ocorrido a 26 de
Março de 2005.
Deverá ser esclarecido o incidente que ocorreu naquele dia e que resultou no
ataque a um polícia por parte de cinco indivíduos intoxicados, nada teve a
ver directamente com as iniciativas do clube.
O polícia de serviço tentava impedir que os cinco indivíduos dessem entrada
no salão do clube onde se desenrolava uma festa particular e que não era uma
iniciativa desta organização.
Os cinco indivíduos NÃO ERAM membros do clube e a festa NÃO ERA uma
iniciativa do Clube Social Português.
Esta organização, tal como as restantes, alugam o salão para iniciativas
particulares, tais como casamentos, baptizados e festas de angariação de
fundos.
O Clube Social Português tem vindo a trabalhar com as autoridades locais
para resolver o incidente na certeza de que vão ser implantadas novas
medidas de segurança, de forma a evitar a repetição destas situações.
No final de Agosto aquela presença portuguesa leva a efeito o seu piquenique
anual e no mês de Outubro festeja os 88 anos da sua existência, festa em que
prevê contar com a presença do mayor de Pawtucket, James Doyle, entre outras
individualidades presentes".

É este o teor de uma carta enviada à comunicação social como forma de
esclarecimento a um incidente a que o Clube Social Português é totalmente
alheio, mas que veio manchar o nome da organização quando se inicia a
notícia focando o nome daquela presença portuguesa em Pawtucket e a
televisão a mostrar imagens do edifício.

Clube Social Português
Uma digna presença lusa em RI

O Clube Social Português, com sede no 131 da School Street, é uma presença
cheia de um historial muito seu, tendo por intervenientes, entre outros,
Américo Costa,  Manuel Pessoa, José Ereio, "O Espanhol", "Left", os irmãos
Nunes. De uma geração mais recente, Al Anjos, António Tavares, os irmãos
Faria, os irmãos Peixoto, os irmãos Tenreiro.
E de uma geração ainda mais actual Daniel Cardoso, Arménio Dias, Mário
Nunes, António Cigarrilha.
Todos estes nomes e um númeroso grupo de associados tudo têm feito para que
a bandeira portuguesa continue a flutuar no mastro da tradição.
Fundado a 5 de Outubro de 1918 como Clube Repúblicano Português viria o seu
nome mudado para Clube Social Português, dado que, quando os então
directores se aproximavam dos políticos da cidade (democratas) estes
diziam-lhes para irem procurar apoio junto dos republicanos. A primeira sede
foi na Pleasant Street, do outro lado do rio do Blackstone River, onde hoje
se encontra. Foi fundado por portugueses oriundos da Beira Alta, que
gradualmente se foram radicando por estas paragens. A cultura, língua e
costumes portugueses foram a mola real da fundação deste clube que sempre
honrou através das suas actividades, as suas origens.
Rancho Folclórico, grupo dramático, escola portuguesa, secção desportiva
constituiram as actividades na velhinha sede da Pleasant Street.
Em 1971 um incêndo reduziu a cinzas aquele pilar da presença portuguesa em
Pawtucket, ficando somente o historial na memória dos mais idosos, dado que
a documentação ficou destruída.
Em 1974 foram inauguradas as novas instalações na School Street.
Em 1981 é fundada a escola portuguesa e em 1992 é fundado o rancho
folclórico.
A 2 de Novembro de 1994, Bill Clinton, Presidente dos EUA, vira uma das mais
importantes páginas do historial do Clube Social Português ao ser a primeira
e única organização lusa a ser visitada por um presidente norte-americano.
É em resumo o historial de uma organização que não pode ser manchada por um
incidente que nada teve a ver com o Clube Social Português, directores,
associados ou mesmo comunidade portuguesa de Pawtucket.


Voltar à primeira página desta secção

Voltar à primeira página desta edição

 Voltar à Primeira Página


Copyright © 1997/2001 Portuguese Times
Autorizada a reprodução de artigos publicados nesta página desde que mencionada a origem