Os Panteras - mais de 30 anos a actuar para as comunidades

O grupo luso-canadiano Os Panteras, de Mississauga, Ontário, Canadá, esteve
recentemente em East Providence, RI, onde actuou nas festas do Espírito
Santo do Phillips Street Hall.
Constituído por cinco elementos (José Morgado, viola baixo; Wally Morgado,
bateria; Tony da Silveira, vocalista; Valter Barberini, guitarras e Tony
Botelho, teclados), o grupo foi fundado em 1972, tendo em José Morgado o
único elemento da fundação original.
Há duas semanas o quinteto visitou o PT e José Morgado, micaelense natural
dos Arrifes, afirmou: "Começámos por brincadeira, recordo-me como se fosse
ontem, com outros elementos que já aqui não estão e eu sou o único que resta
da primeira constituição, mas temos actuado ininterrruptamente para as
comunidades de expressão portuguesa não só do Canadá como dos EUA, Caraíbas,
Bermuda e Açores".
Efectivamente, os Panteras constituem hoje um dos mais conhecidos
agrupamentos musicais lusos na diáspora, mercê não só das inúmeras
digressões efectuadas pelas comunidades lusas como também pelas gravações
criadas e alguns sucessos consagrados, designadamente Lá vai a carroça,
Bailinho de S. Miguel, Carro Preto, Cozido à Portuguesa, Marina,
Mariazinha, Henriqueta e mais recentemente Aquela que eu desejo.
Por sua vez, Tony da Silveira, que aderiu recentemente ao grupo, actual
vocalista, recorda que o grupo tem sido muito solicitado para todo o tipo de
actuações.
"Temos um vasto e variado repertório, o que nos permite ser versáteis e
actuar para todo o tipo de festa, quer se trate de casamentos, festas ao ar
livre, bailes, espectáculos, enfim, adaptamos a qualquer situação e
ambiente", sublinha, para salientar que os espectáculos fora do Canadá
acontecem frequentemente. "Já fomos aos Açores três vezes: S. Miguel,
Terceira e Flores, onde actuamos em festas diversas e nesta última ilha
fomos o primeiro grupo das comunidades a actuar nas festas do Imigrante, nas
Lajes", adianta Tony da Silveira.
Com dez discos já gravados e alguns video clips que são apresentados em
diversos programas comunitários lusos da TV, os Panteras já têm actuado na
Nova Inglaterra, com espectáculos em New Bedford e Fall River, Mass., e
diversas localidades do estado de Connecticut.
Numa altura em que os conjuntos musicais portugueses nas comunidades já
conheceram melhores dias, a verdade é que este quinteto não tem grandes
razões de queixa de falta de trabalho. "Temos a agenda praticamente
preenchida, com actuações em várias localidades do Canadá, sobretudo na área
de Ontário, mas temos outros espectáculos em vista, com destaque para um que
iremos efectuar no início de 2006 na Venezuela", conclui Tony da Silveira.
O grupo, que tem o seu website na internet (www.ospanteras.com) prepara
neste momento a gravação do seu próximo trabalho discográfico.


Voltar à primeira página desta secção

Voltar à primeira página desta edição

Copyright © 1997/2001 The Portuguese Times
Autorizada a reprodução de artigos publicados nesta página desde que mencionada a origem