Rhode Island

AUGUSTO PESSOA (Correspondente)
Delegado em Rhode Island
Tel. (401) 728-4991

 

Escola do Clube Juventude Lusitana
Festa de Natal fez reviver tempos passados

A festa de Natal da Escola Portuguesa do Clube Juventude Lusitana fez
reviver tempos passados no então velhinho salão hoje totalmente remodelado
que foi palco para grandes récitas natalícias.
E diremos foi, porque só recentemente é que aquele entusiasmo próprio da
época se fez sentir uma vez mais no seio da "catedral erguida em nome de
Portugal".
A febre de manter viva a chama da portugalidade nunca desapareceu, mas por
vezes é necessário que esta seja espevitada, para brilhar com mais
intensidade no firmamento comunitário ali por Cumberland.
Primeiro foi Casanova Fernandes e agora é Fernanda Silva, curiosamente ambos
com raízes em Penalva do Castelo, a fazer despertar no seio das nossas
gentes um cada vez mais interesse na nossa língua, costumes e tradições.
Mas os jovens que subiram ao palco do salão do Clube Juventude Lusitana não
estavam sós. Tinham por assistência pais, avós e restantes familiares que
aplaudiram os artistas que gradualmente foram mostrando as suas aptidões
artísticas e o mais importante a facilidade com que se exprimiam em
português.
Lá estavam São José e a Virgem Maria, as rábulas, algumas delas escritas
pelos alunos, os poemas alusivos à quadra, os pastores, os reis magos e todo
um conjunto de boas vontades que levaram à cena mais uma récita de Natal.
As professoras Milene Lino, Melissa Costa, Maria Maurício e o professor João
Patita (hoje o mais antigo junto daquela escola) estavam radiantes pela
prestação dos alunos no desenrolar da récita de Natal que fez recordar os
velhos tempos de Amadeu Casanova Fernandes, que ao ler esta crónica de
certeza que vai dizer "bem empregue o tempo que ali passei a ensinar o que
encontrou eco nas novas gerações onde ex-alunas minhas já professoras ali
dão o seu contributo". E diremos: "ditosa pátria que tais filhos tem" que em
terras "descobertas" na procura de uma vida melhor dá lições de
portugalidade erguendo bem alto a bandeira do seu país ao lado e neste caso
específico da americana, prestando honras a ambas, sem no entanto esquecer o
torrão natal que lhes serviu de berço.
Tal como o já temos referido, Luciana Borges é um exemplo de uma segunda
geração a incutir no espírito de uma terceira geração (filhos) o interesse
pela língua e costumes portugueses.
Foi aluna de Casanova Fernandes, hoje é professora no sistema de ensino
americano e sem esquecer a grande organização que é o Clube Juventude
Lusitana e a sua escola ali faz parte da comissão escolar e quem sabe se um
dia não fará parte do grupo dos professores da escola onde aprendeu.
São estes dignos exemplos que devem ser copiados. E já que falamos em copiar
não podemos deixar passar um exemplo que vimos em Fall River e que bem pode
ser imitado no Clube Juventude Lusitana.
A Sociedade Cultral Açoriana festejou o Natal dos jovens com um pequeno
almoço. Até aqui nada de anormal.
Mas quatro elementos da banda de Nossa Senhora da Luz e um da Banda de Santa
Cecilia fazer uma banda para abrilhantar a festa num clube que não tem banda
já leva a pensar.
E sabem porque?... É que o Clube Juventude Lusitana tem banda e como tal não
deve ser impossível reunir quatro ou cinco elementos e fazer uma orquestra
para acompanhar os jovens na récita de Natal. Sempre dá outro nível e os
jovens, pais e professores vão ainda ficar mais satisfeitos pelo apoio da
banda à escola.
Mas para que a todo este conjunto de factores ponha de pé quer a récita de
Natal, o enfeitar do pinheirinho, o jantar de Thanksgiving é necessário uma
equipa dedicada e que tenha interesse em que os filhos continuem a falar
português, a que não é alheia a direcção escolar, constituída por: Fernanda
Silva (directora pedagógica) António Farinho (director adjunto) Isabel
Rodrigues (secretária) Jack Sousa (tesoureiro) e ainda a comissão de pais:
Antónia Alcobia, Sandra Alves, Elsa Batista, Francisco Barros, Adélia
Bordalo, Luciana Borges, Ana Maria Daniel, Isabel Farinho, Idalina Martins,
Connie Pereira, Ana Pereira, Olga Silva.


Voltar à primeira página desta secção

Voltar à primeira página desta edição

 Voltar à Primeira Página


Copyright © 1997/2001 Portuguese Times
Autorizada a reprodução de artigos publicados nesta página desde que mencionada a origem