Em 2016 quase 2.000 pessoas morreram de overdose em Massachusetts

 

Fall River e New Bedford figuram entre as cidades com mais mortes

O Departamento de Saúde Pública de Massachusetts (DPH) acaba de divulgar novos dados mostrando que quase 2.000 pessoas em todo o estado morreram de overdoses relacionadas a opiáceos em 2016. O número oficial de mortes foi 1.933, mas com os certificados de óbitos ainda pendentes em muitos casos, o total das mortes poderá subir.

A epidemia dos opiáceos continua a alastrar. Os dados revelam que 45 cidades ou vilas que náo tiveram mortes por overdose em 2915, registaram pelo menos uma morte em 2016. 

As cidades de Massachusetts com mais mortes por overdose em 2016 e o aumento em relação ao ano anterior: Boston 196 (46 mais em relação 2015), Fall River 62 (21), Lowell 63 (4), Worcester 56 (-21) , New Bedford, 55 (6), Lynn 47 (2), Lawrence 46 (21), Quincy 42 (-2), Brockton 42 (-5) e Springfield 41 (igual).

O DPH confirmou que o número de overdoses fatais de drogas como heroína tem vindo a diminuir, mas com a droga médica fentanil tem aumentado e esteve na origem de 1.302 mortes em 2016, uma média de mais de 5 mortes por dia.

Boston teve 196 mortes por overdose relacionadas com opióides em 2016, um aumento de 46 em relação ao ano anterior. Logo a seguir a Boston surge Fall River com 62 mortes, 21 mortes mais do que em 2015. New Bedford ficou em quinto lugar na lista com 55, mais 6 que no ano anterior.

Mortes noutras localidades de Massa­chusetts: Taunton 30; Plymouth 22;  Dart­mouth 9; Stoughton 11; Somerville 25; Somerset 5; Foxboro 5; Acushnet 2;  Attleboro 15; North Attleboro 5; Bridge­water 10; East Bridgewater 1; Chicoppe 26; Freetown 3; Gloucester 9;  Holyoke 8; Hudson 2;  Lakeville 1; Ludlow 6; Marion 1; Mattapoisett 2; Methuen 13; Milford 9;  Norton 6; Peabody 9; Seekonk 1; Somerset 5; Swansea 1; Fairhaven 1 e Westport 4.