Morreu Manny Matos, antigo jogador dos Tea Men e dos Oceaneers

 

Manuel F. Matos, 65 anos, de New Bedford, faleceu dia 30 de novembro de 2017, rodeado pela fa­mília que amava, a esposa,  Melinda Matos, compa­nheira dedicada de 42 anos; a filha, Bethany Austin, e seu marido, Robert, e as netas, Ava e Piper Austin.

Manuel era filho dos já falecidos João e Dia­mantina Matos. 

Nasceu na Ribeira Quen­te, ilha de São Miguel, nos Açores. Segundo a tradição familiar veio a este mundo num acampamento im­provisado debaixo de uma ponte, onde a mãe grávida se abrigava de um ciclone.

Manny veio aos oito anos, com a família, para os Estados Unidos. 

Cresceu em New Bedford, o futebol era a sua paixão e começou a dar nas vistas na New Bedford High School. Graduou em 1971 e foi frequentar a Universidade da Virgínia Ocidental e até 1974 foi estrela da equipa de futebol, West Virginia Mountaineers, conquis­tando vários títulos.

Manny Matos era centro-campista e dos mais talen­tosos da sua geração no futebol americano (soccer). Jogou profissionalmente em duas das melhores equipas da North American Soccer League: Phila­delphia Atoms (1975-76) e New England Tea Men, de Boston  (estreou-se em 23 de dezembro de 1978 e nessa época defrontou o legendário Pelé, do New York Cosmos).

Representou ainda o RI Oceaneers (1979), da American Soccer League.

Em 1977, Manny Matos voltou a New Bedford e à sua high school,  onde tra­balhou como professor e como treinador de futebol durante 24 anos. 

Em 2001 foi admitido no Hall of Fame da Massa­chusetts High School Soccer Coaches Asso­ciation.

Manny Matos amava o futebol e ao longo da sua carreira ajudou a moldar muitos dos seus alunos ou jogadores, dentro e fora do campo.

Além do futebol escolar, esteve também ligado à Luso American Soccer Association (LASA), particularmente o Portu­guese Sports, no sul de New Bedford.

Além da esposa, filha, genro e netos, Manny Matos deixa os irmãos: João Matos, Maria da Graça Rosonina, Virgínia Vicente e seu marido, Edgardo, Denis Matos e sua esposa Maria, e muitos sobrinhas e primos.

O funeral realizou-se ontem, 5 de dezembro, para o Cemitério Rural de New Bedford, com missa de corpo presente na igreja de Nossa  Nossa Senhora do Monte Carmelo.