California Portuguese-American Coalition

 

A participação da comunidade no mundo político americano

 

A direção da CPAC-California Portuguese-American Coalition acaba de realizar na cidade de Turlock na Universidade Estadual da Califórnia uma reunião que teve como objetivo dar as boas vindas a dois novos diretores e estabelecer as suas prioridades para os próximos 12 meses. 

Durante cerca de três horas os diretores presentes debateram alguns dos projetos que esta organização efetuará, incluindo a segunda cimeira de luso-eleitos e líderes comunitários marcada para os dias 13 e 14 de junho em Sacramento, precisamente quando está marcada a passagem por este estado do primeiro-ministro de Portugal António Costa.

Na quinta-feira, 14 de junho, pelas 9 horas da manhã, no Capitólio em Sacramento haverá, como já é tradicional, a resolução do dedicada ao Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, numa cerimónia conjunta de ambas as Câmaras Legislativas da Califórnia.

A CPAC continuará ainda com a sua missão de dar voz às nossas comunidades junto das instâncias públicas da Califórnia e apoiar a eleição de luso-eleitos para cargos municipais, regionais e estaduais, incluindo a publicação de pequenas biografias dos luso-eleitos neste estado. 

Os novos diretores são: Idlamiro DaRosa, cônsul honorário de Portugal e dinâmico líder em San Diego e Maria Hortência Silveira, dinâmica vice-presidente da Foster Farms e líder comunitária na zona de Turlock.

A CPAC é presidida por Diniz Borges; com John Pedrozo, vice-presidente, Steven nascimento secretário e Elmano Costa tesoureiro.  Estão ainda na direção outros elementos muito conhecidos na comunidade da Califórnia, nomeadamente Angela Simões da PALCUS e John Martins cônsul honorário de Portugal em Los Angeles.

Após a reunião alguns dos diretores tiveram um almoço com o Mayor da cidade de Turlock, o luso-descendente Gary Soiseth; Maria João Lopes Cardoso, a Cônsul-Geral de Portugal em San Francisco e  Eduina Azevo, presidente da Fundação Portuguesa para a Educação do Centro da Califórnia.

 

 

 

Plano Estratégico para a comunidade portuguesa da Califórnia

 

A comunidade portu­guesa da Califórnia, a maior comunidade de ori­gem portuguesa nos EUA, está neste momento a elaborar um plano estra­tégico para a mesma co­munidade. É que com a metamorfose natural da comunidade e o estanca­mento da emigração há quatro décadas, existem profundas mudanças e daí a necessidade de uma reflexão profunda e da elaboração de um plano estratégico para a preser­vação e promoção do ensi­no da língua e cultura por­tu­guesas, assim como outras estratégias que possam ser utilizadas como matrizes para a nossa co­munidade e o nosso movi­mento associativo que queira pensar além da próxima festa.

O plano estratégico está a ser elaborado com as vozes das várias comuni­dades, daí a realização de várias reuniões e sessões de trabalho, que começaram no norte da Califórnia, continuarão no sul, San Diego, por exemplo, assim como no vale de San Joaquim. Depois, a 16 e 17 de março, durante o con­gresso da Luso-American Education Foundation, haverá um segmento de dois dias totalmente dedi­cado à preparação com um grupo de líderes, denomi­nado PALT (Portuguese-American Leadership Team) das linhas gerais e especificas para o plano estratégico para a nossa comunidade.  É um desafio para a nossa comunidade! Bem-haja à Luso-Ameri­can Education Foundation pela audácia e a liderança neste sentido e bem hajam aos lideres comunitários que saíram da sua zona de conforto e concordaram em dar o seu tempo e a sua experiência para a elabo­ração deste plano, que terá linhas orientadoras para as nossas comunidades além do dia de amanhã. 

As sessões são dirigidas por uma profissional em planos estratégicos, Fran­cisca Sanchez que há muito conhece a nossa comuni­dade e o projeto é liderado por Diniz Borges e Duarte Silva em torno do 42.º congresso da LAEF que será nos dias 16 e 17 de março em Fresno e Tulare.

 

• Diniz Borges