Clube Juventude Lusitana: 100-01

 

 

 

 

Uma história de grandiosos êxitos que enche de orgulho 
e força os 99 dos 100 anos a festejar em 2021

 

A bandeira portuguesa subiu altiva e confiante no mastro da portugalidade nos 99 anos da “Catedral erguida em nome de Portugal”. É verdade, falta 1 para se poder gritar bem alto uma grandiosa vitória. A vitória dos 100. Mas uns 100 revividos num historial dignificante. Uma história baseada em dados concretos. “Atravessamos a crise do Covid-19, tal como o restante associativismo. E mesmo o mundo. Mas como diz monsenhor Victor Vieira, temos de festejar todos os aniversários. Não sabemos se cá estaremos para o ano. E para o ano são 100.
Mas este já são 99. Não podemos festejar com a amplitude desejada. Mas não queremos abrir uma lacuna. Amanhã, quem, por qualquer motivo, vier em procura do historial do Clube Juventude Lusitana vai poder confirmar que não esquecemos a data, se bem que festejada sobre fortes medidas de segurança devido ao Covid-19”.
E aqui entra o Portuguese Times, que tem  desenvolvido o seu historial, neste caso específico, juntamente com o Clube Juventude Lusitana. “Temos visto, semanalmente, honrar o nosso legado histórico, principal objetivo desta associação, que mostra interior e exteriormente os troféus, conquistados ao longo de uma vida”, afirma Henrique Craveiro, que foi um bem que surgiu junto do Clube Juventude Lusitana, na opinião de outros não menos bem sucedidos presidentes. Mas, será melhor adotar a tática desportiva: em equipa que ganha não se muda. Ele (Henrique Craveiro) não é só a equipa. Mas é um treinador para continuar a ganhar campeonatos. 
Não entrou ensinado. Mas já trazia formação. Olhou em sua volta. Pensou e realizou. Sabe aproximar quem pode colaborar. 
Inspirador relevante para a gestão do Clube Juventude Lusitana. 
Apresentou a estratégia para assinalar o centenário. 
Apesar de todas as dificuldades inerentes vai poder assinar o livro dos 100 anos. 
Não vai encarar de ânimo leve. Esperamos que não seja apenas o içar da bandeira. Esperamos que o Clube Juventude seja pequeno para receber todos quantos ali vão comparecer para festejar os 100 anos. 
Até 2021, que, se Deus assim o desejar, vai ser um ano memorável na “catedral erguida em nome de Portugal”. Já começaram os preparativos. O programa vai tomando forma. O presidente do clube é o presidente da Comissão do Centenário. Outra coisa não seria de esperar. Se em 11 anos de presidência, tem sabido ocupar o lugar e administar o clube, com o melhor do seu saber, o 12.º só sera diferente na prepação do discurso do centenário. E estamos certos que vai ser eloquente. Direto. Sem rodeios. Vai fazer parte da história dos 100. Experiência e conhecimento não lhe falta. Está rodeado de uma equipa competente. Mas é sobre ele que vão recair as críticas se correr mal. Os elogios, quando tudo corre bem, são mais difíceis de arrancar.
Mas para isso cá está uma vez mais o Portuguese Times. Dar o seu a seu dono. E Henrique Craveiro é o dono dos últimos grandiosos êxitos. Os êxitos que têm mantido o Clube Juventude Lusitana de portas abertas. Ali se encontra diariamente. O homem vive o Clube Juventude Lusitana.
Gary e Manuel Sebastião foram os intérpetes ao trompete dos hinos dos dois países, integrados na banda da casa. Sim, porque o Clube Juventude tem todos os requisitos para fazer a festa. Mesmo dos 100-1.