Tony Luís/José Bairos vencem torneio de sueca e recebem troféus perante sala esgotada

No salão da Banda de São João de Stoughton

 

“Este ano vai ter de alterar a forma de começar a repor­tagem. Não vai acreditar. O seu amigo Álvaro Pacheco, não ganhou”.

Mas o senhor disse “não ganhou”. Porque é que não disse perdeu?” É porque foi um descuido ou para aumentar a competividade. A ganhar todos os anos qualquer dia estava a jogar sozinho. Mas já que este ano não pode estar presente, pode escrever que tudo correu bem”, disse o nosso amigo Luís, ali de Stoughton, que nos deu a informação, dada a impossibilidade, por motivos de ordem profissional de podermos ali estar como o fazemos anualmente. Mas é bom ter amigos que dão uma ajudinha.

“Como sabe, a cerimónia de entrega dos troféus do campeo­nato de sueca da Banda de São João de Stoughton teve lugar no salão da coletividade no passado sábado. 

Respirava-se alegria e boa disposição depois de uma bela jantarada, que não há melhor ingrediente para uma noite à portuguesa do que um prato regional bem confecionado.

Álvaro Pacheco, bem sucedido empresário, proprietário da Inmam Hardware na Cambridge Street, em Cambridge, foi o vencedor do campeonato. “Desculpe perdeu”, “tem razão, perdeu. Mas a força do hábito leva-nos ao engano.” Afinal quem ganhou? “Desta vez escreva direitinho, os vencedores foram: Tony Luís/José Barros, com 61 pontos. Os segundos foram: Álvaro Pacheco/António Resendes, com 58 pontos. “Já reparou “3 pontos de diferença”. P’ró ano, com as cantorias do António Resendes e a boa disposição do Álvaro Pacheco, a vitória vai regressar e só pára no tetra.

A sua forma alegre de estar na vida exteriorizada na sua habitual boa disposição não foi diferente no passado sábado.

Fez uma vez mais equipa com António Resendes, o que levou Carlos Arruda bem sucedido empresário da cadeia de pastelarias Dunkin Donuts e que foi mestre de cerimónias a sublinhar, em tom de brincadeira em 2016. “O torneio é organizado em Stoughton nas instalações da banda de São João e vêm de Cambridge buscar o primeiro lugar”.

“Durante 16 semanas reunimos religiosamente todas as quintas feiras no salão da banda de São João para um jogo de sueca. Depois de bem comidos e bem bebidos e no meio de franca e alegre camaradagem pomos à prova os ensinamentos colhidos nos serões da taberna da terra de origem em que as cartas era o passatempo preferido”, disse ao PT Carlos Arruda. “Como habitualmente acontece, contamos uma vez mais com o apoio da presidência da direção este ano presidida por Fernando Silva”, disse Carlos Arruda.

“Estes serões em volta do jogo de cartas são uma ajuda para a banda dado a quantidade de jogadores que movimenta”, dizia-nos o saudoso Manuel Pacheco, empresário em Stoughton. Curiosamente este ano foram 16 as equipas que tomaram parte no campeonato num total de 32 pessoas que semanalmente se reuniam no salão da banda. É um passatempo que acaba por encher o salão numa noite que prima pela alegria e boa disposição reunindo os familares e amigos dos intervenientes no torneio.

Dizia-nos Carlos Arruda, que foi mestre de cerimónias na noite de sábado “foram semanas de convívio, amizade, tolerância, e por vezes comportamento alterado. A direção da banda de São João agradece a todos quantos tornaram possível este grande sucesso”, concluiu Carlos Arruda.

 

Torneio de Sueca (Classificação)

1. Tony Luís/José de Barros... 61 pontos

2. Álvaro Pacheco/António Resendes 58 pontos

3. Carlos Arruda/Adelino de Sousa 56 pontos

4. José Bairros./ Rosa Sousa.. 56 pontos

5. Isidro Barros/António Sousa 53 pontos

6. Manuel Brasil/José Cabral.. 51 pontos

7. Telmo Freitas/Osvaldo Peixoto 49 pontos

8. Álvaro Belo/Luis Cabral.... 46 pontos

9. João Marçal/António Silva.. 44 pontos

10. Humberto Freitas/Alvaro Rego 42 pontos

11. Duarte Freitas/David Garcia 41 pontos

12. José Balde/Rui Garcia..... 41 pontos

13. João Bragda/Francisco Mendonça 40 pontos

14. Maria Serpa/Adelina Pinheiro 30 pontos

15. Fátimas Reis/Hélia Cabral. 29 pontos

16. Lurdes Câmara/Patricia Silva 23 pontos

Supertaça   Humberto Freitas/Álvaro Rego

 

 

 

• Texto Augusto Pessoa • Fotos cedidas pela organização

• Texto Augusto Pessoa • Fotos cedidas pela organização