Dia de Portugal em Fall River celebrado junto às Portas da Cidade

Fall River, com grande historial em movi­men­tações comunitárias, viveu as cele­brações do Dia de Portugal, tendo por fundo as Portas da Cidade.

A comunidade de Fall River apostou no parque das Portas da Cidade, dando vida àquele local da velha cidade dos teares, através de desfile de artistas e concertos musicais, como este da banda de Santa Cecília que serviu de tema à nossa reportagem pelo entardecer do passado sábado.

Barracas com especia­lidades gastronó­micas enfeitaram o local, rodeado pelas obras de revitalização rodoviária naquela área de Fall River.

A comisssão responsável apostou na­quele local, depois de várias tentativas pela cidade e parece ter encontrado ali o local propício para as cele­brações.

Esta iniciativa vem juntar-se às manifestações comunitárias de que Fall River é fértil por esta época do ano e tudo leva a crer que as celebrações do Dia de Portugal registem um aumento anual, atra­vés de nomes sonantes do mundo artístico local e vindo de outras paragens.

A ativa comissão apostou num programa de entretenimento que atraísse os mais jovens e conseguiu-o. Por ali passaram nomes como a Banda de Santa Cecília, que atuou na tarde de sábado, Portuguese Kids, Great Escape, Jorge Ferreira, Eratoxica, Marc Dennis, DJ Who Paulo da Rosa (vindo da Califórnia), Tony Borges & Euro e vindo do Canadá, Starlight.

A cerimónia do içar das bandeiras teve lugar na tarde de sábado, com a presença do cônsul de Portugal em New Bedford, Pedro Carneiro, de algumas entidades locais e a nível estadual, sendo ainda presta­da uma homenagem a Alfredo Alves, que durante vários anos integrou a comissão organizadora das celebrações.

Refira-se ainda que na quinta-feira, a comissão levou a efeito uma prova gastro­nómica com diferentes pratos, com música pelo conjunto Edge.

 

 

• Fotos e texto de Augusto Pessoa

 

• Fotos e texto de Augusto Pessoa