“DOMINGO DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES”

 

devoção com mais de três séculos de história

“dedicado aos inúmeros micaelenses residentes nos Estados Unidos”

 

O CULTO DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES nasceu da devoção de uma religiosa, de origem humilde, que, assim que teve o primeiro contacto com a Imagem, se dedicou inteiramente a ela. Teresa da Anunciada era o nome da religiosa que, a partir desse momento se afeiçoou á Imagem, empenhando todo o seu esforço na sua recuperação.

A IMAGEM DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES percorre, anualmente, no seu giro tradi­cional, várias ruas de Ponta Delgada, sempre com o mesmo trajeto. Ao traçar o percurso, foi preocupação e desejo que o cortejo passasse por todos os conventos existentes em P. Delgada na altura. A primeira Pro­cissão do Senhor Santo Cristo aconteceu, no dia 11 de Abril de 1700. Juntou todas as confrarias e comunidades religiosas. Participou na Procissão, toda a nobreza e uma inumerável multidão que, com viva fé, confiava e acreditava nos poderes divinos da Santa Imagem.

O OBJETIVO ESPECIAL DE MADRE TERESA DA ANUNCIADA era honrar e desagravar o Senhor na sua Paixão, lembrando aos homens que Deus é solidário com o Seu povo.

O CULTO AO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES continua e está mais aceso do que nunca. Os crentes procuram muito mais do que a concessão de graças. Procuram ESPERANÇA.

JESUS CRISTO É A ÁRVORE DA VIDA ao nosso alcance. O Jardim é o Reino de Deus. E o fruto da Árvore da Vida, é o Espírito Santo.

Por isso, deixamos, aqui, a nossa prece sentida:

“BOM DEUS HÁ QUANTO TEMPO ME PROCU­RAS sem me conseguires encontrar de verdade? Há quanto tempo te fujo? E não é por mal, Senhor, bem o sabes, mas o meu mundo tem outras coisas mais im­portantes... Outros encantos para o meu coração, outros afazeres para ocupar as minhas mãos, outros destinos para os meus passos tantas vezes mal andados...

O MUNDO MANDA-ME VIVER em função de coisas “úteis” e “importantes” dizendo-me que é o único modo de eu próprio me tornar “útil” e “importante”.

O DINHEIRO, O SUCESSO, A CARREIRA, o bom-senso, o dinheiro (não, Senhor, não me enganei, repeti duas vezes porque é ele que o meu mundo me manda pro­curar o dia todo e todos os dias, ainda que seja raste­jando, ainda que seja lutando... ), Sim, Bom Deus, lu­tando, porque os “valores úteis” do meu mundo transfor­mam os homens em rivais, os colegas em adversários e os diferentes em inimigos.

O QUE VALE, SENHOR, É QUE TU ÉS MAIS FORTE! Como um dia rasgaste o véu do templo de Jerusalém onde julgavam poder manter-Te preso, assim hoje rasgas todos os baús em que te querem calar e Te refugias nos corações daqueles que estão disponíveis para Ti, fazendo das suas palavras e dos seus gestos mediações da Tua Palavra recreadora e da Tua Presença amante.

PORQUE CONTIGO, SENHOR, ninguém fica a perder.

SENHOR, NÃO TENS MAIS para oferecer do que um Sentido pleno para a minha vida, que é o segredo da felicidade verdadeira.

SIM, SENHOR, PORQUE SER FELIZ, é construir e saborear a vida com um Sentido! E que mais pode o nosso desejar? Claro, ainda há muitos homens meus irmãos que julgam que a felicidade tem cotação na Bolsa e o sentido da vida se alimenta de contas bancárias …….

FAZ-ME, BOM DEUS, CONHECER-TE CADA VEZ MELHOR. Amar-Te mais,  escutar-Te mais, ser mais... Faz-me Bom Deus, cada vez mais parecido com Jesus de Nazaré, MADURO NA FÉ, ALEGRE NA ESPERANÇA, INVENCÍVEL NO AMOR!

Porque contigo, Senhor, ninguém fica a perder.

SENHOR, BEM LONGE DO TEU SANTUÁRIO, sinto profundas saudades da “Expressão Dorida” do Teu olhar, representado na Tua Imagem, que percorre as ruas da cidade de Ponta Delgada perante muitos joelhos em sangue e almas consumidas pelo sofrimento.