Perguntas e Respostas

P. — Estou a receber benefícios do Seguro Social por ter incapacidade. Tenciono casar-me no próximo ano com um indivíduo que também está a receber benefícios do Seguro Social por estar igualmente incapacitado. Será que isto irá afetar o montante que recebo?

R. — Para um indivíduo a receber benefícios do Seguro Social (SSDI) por ter uma incapacidade, o casamento não afetará o seu benefício. Esses benefícios são baseados em salários e não estão sujeitos a limites em rendimento nem de recursos. Para um indivíduo que receba benefícios do Seguro Suplementar (SSI), um casamento pode afetar os benefícios, porque o montante em parte é baseado no rendimento disponível a si e ao seu cônjuge.

                                               

P. — Tenho 64 anos de idade e tenciono reformar-me no fim do ano. Estou divorciada há vinte anos, mas estive casada durante 10 anos. Não sei paradeiro do meu ex-marido, nem sei se ele está vivo ou morto. Eu não tive filhos com ele. Como é que posso informar-me se terei algum direito a benefícios sob o meu ex-marido, que sempre teve salários superiores aos meus?

R. — Quando nos contactar para submeter o seu requerimento para benefícios de reforma, o técnico que vai processar o seu requerimento pode determinar se terá direito a alguns benefícios sob os creditos do seu ex-marido. Será necessário fornecer o número de Seguro Social dele, ou se não tiver, deve fornecer pormenores para podermos tentar obter o número.

 

P. — Tenciono solicitar benefícios do Seguro Social por ter vários problemas médicos que afetam a minha capacidade de trabalhar. Estou a viver e a trabalhar nos EUA há mais de 25 anos, mas nunca tratei de obter cidadania. Tenho apenas o meu cartão de residência legal, mas não sei onde está. Será que tenho de apresentar o cartão quando decidir deixar o meu emprego com­pletamente e submeter um requerimento para benefícios do Seguro Social?

R. — Sim, será necessário apresentar prova de residência legal nos EUA ao submeter o seu requeri­mento para benefícios. Não tem que esperar para ter o cartão para submeter o seu requerimento, mas se for approvado não poderemos pagar benefícios sem ter o cartao válido.

 

P. — O meu sobrinho tem 25 anos de idade e en­volveu-se num accidente que o deixou incapacitado pelo menos durante um ano. Ele tem trabalhado alguns anos mas tenciona pedir assistência do programa do Seguro Suplementar além do Seguro Social. Ele comprou um carro novo o ano passado. Será que isto vai afetar a elegibilidade ao SSI?

R. — O facto do seu sobrinho ter um carro novo não vai afeitar a elegibilidade ao Seguro Suplementar (SSI). Um recipiendário de benefícios do programa do Seguro Suplementar (SSI) pode ter um carro e não importa o valor do mesmo.