Perguntas e Respostas

P. — Será que a administração do Seguro Social tem um número grátis para pessoas que vivem fora do país?

R. — Não há um número grátis para pessoas que vivem fora dos EUA. Contudo, temos vários “Federal Benefits Units” em alguns consulados e embaixadas. Esses “Federal Benefit Units” podem ajudar com assuntos de Seguro Social incluindo requerimentos para benefícios. Para informação sobre o país onde esta a viver visite: www.socialsecurity.gov/foreign.

 

P. — Tenho vários problemas médicos e estou a pensar em submeter um requerimento para benefícios do Seguro Social. Quanto tempo demora para receber uma determinação de elegibilidade?

R. — O tempo que demora a receber uma determinação pode variar conforme a natureza da sua incapacidade, o tempo que demora a receber a sua evidência médica; se for necessário ir a uma consulta médica; se o seu caso for revisto por objetivo de qualidade.

 

P. — Pode informar-me sobre a diferença dos pagamentos do Seguro Social e Seguro Suplementar?

R. — Os dois programas são financiados de diferentes maneiras. Os impostos de emprego principalmente financiam os benefícios do Seguro Social de reforma, sobreviventes e de incapacidade. Geralmente pagamos benefícios para trabalhadores e familiares com elegi­bilidade à base dos salários auferidos durante a vida. Todavia, os benefícios do programa do Seguro Suple­mentar (SSI) são financiados pelo fundo de impostos gerais, servindo os necessitados. Elegibilidade para SSI depende em grande parte em ter rendimentos e recursos limitados.

 

P. — Será que crianças física ou mentalmente inca­pacitadas podem receber benefícios do Seguro Social?

R. — Uma criança de dezoito anos ou mais e que seja incapacitada pode receber benefícios do Seguro Social quando um dos pais receber benefícios de reforma ou de incapacidade. Além disso pode receber também, se um dos pais vier a falecer. Para ser elegível a benefícios, a incapacidade da criança deve ocorrer antes dos 22 anos de idade.